Blog de jerusa Nutricao
  

FELIZ DIA DO NUTRICIONISTA

31 DE AGOSTO!



Escrito por Jerusa Santana às 14h04
[] [envie esta mensagem] []


 
  

O QUE SIGNIFICA O LAÇO DOURADO???

Significado

SÍMBOLO DA AMAMENTAÇÃO!!!

Ouro:

  A Cor dourada para o laço simboliza que a amamentação é o padrão ouro para a alimentação infantil, ante a qual toda alternativa deve ser comparada e questionada.

 O laço:

* Uma parte do laço representa a MÃE.

 * A outra parte, representa a CRIANÇA.

 * O laço é simétrico, dizendo-nos que a mãe e a criança são ambos vitais para o sucesso da amamentação – igualmente necessários.

  * O nó é o PAI, a família e a sociedade - sem o nó, não haveria o laço; sem o apoio, a amamentação não seria exitosa.

As pontas do laço são o futuro: o aleitamento materno exclusivo por 6 meses e a amamentação continuada por 2 anos ou mais, com a adequada introdução de alimentos e um espaçamento das gestações preferencialmente de 3 anos ou mais; dando a mulher o tempo necessário para assegurar o cuidado da saúde, crescimento e desenvolvimento da criança.

 Origem:

 Não se conhece quem inventou este simbolismo, contudo, tem sido utilizado mais ou menos na última década. Tem-se escrito muito sobre como a amamentação é o "padrão ouro" para a alimentação infantil.

No site naba-breastfeeding há um artigo que foi publicado pela primeira vez em 1995 sobre esta questão.

 

 

www.aleitamento.com

 

Jerusa SantanaBeijo

 

Publicado originalmente em 8/12/2003

 

 



Escrito por Jerusa Santana às 00h11
[] [envie esta mensagem] []


 
   Veja tudo sobre amamentação no vídeo

Clique no link:

http://oglobo.globo.com/servicos/pop_infografico.asp?p=/saude/vivermelhor/info/amamentacao/amamentacao.swf&l=620&a=500



Escrito por Jerusa Santana às 09h55
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Semana Mundial do Aleitamento Materno

Bom dia Gente!

No período do dia 01 a 07 de Agosto de 2010 será promovido a Semana Mundial do Aleitamento Materno, vamos aproveitar essa oportunidade e promover ainda mais, o aleitamento materno na nossa cidade!!!

Vamos mostrar para a população a importância do AME nos primeiros 6 meses de vida da criança e o seu impacto na saúde da mulher.

Seja um defensor do Aleitamento materno!

Jerusa SantanaBeijo



Escrito por Jerusa Santana às 09h29
[] [envie esta mensagem] []


 
  

VAMOS FICAR FURIOSOS NA LUTA CONTRA A FOME!!!!!!

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) lançou uma petição online contra a fome. A campanha visa mobilizar as pessoas a ficarem furiosas com o fato que cerca de um bilhão de pessoas vivem com fome no mundo. O projeto é intitulado "1 billion hungry", que significa 1 bilhão com fome, na tradução literal.
Um apito amarelo é usado como símbolo da campanha. O objeto serve para encorajar as pessoas a apitar contra a fome. A petição tem abrangência mundial e pede que os governos façam da erradicação da fome sua principal prioridade. A meta da campanha é recolher um milhão de assinaturas até o dia 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação. O documento pode ser assinado por meio do site
www.1billionhungry.org.
Do total de um bilhão de pessoas que vivem com fome, 642 milhões estão na Ásia e no Pacífico, 265 milhões na África Subsariana, 53 milhões na América Latina e Caribe, 42 no Oriente Médio e norte da África e 15 milhões em países desenvolvidos. A FAO estima que a produção agrícola global precise aumentar em 70% para alimentar uma população estimada em nove bilhões de pessoas em 2050
.

Alegre



Escrito por Jerusa Santana às 08h15
[] [envie esta mensagem] []


 
  

INSERÇÃO DO NUTRICIONISTA NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA - ESF

A ESF é uma estratégia de reorientação do modelo assistencial (centrado no curativismo), operacionalizada mediante implantação de equipes multiprofissionais em unidades básicas de saúde. Iniciado em 1994, apresentou um crescimento expressivo nos últimos anos. A consolidação dessa estratégia precisa, entretanto, ser sustentada por um processo que permita a real substituição da rede básica de serviços tradicionais no âmbito dos municípios e pela capacidade de produção de resultados positivos nos indicadores de saúde e de qualidade de vida da população assistida.

As equipes são compostas, no mínimo, por um médico de família, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem e 6 agentes comunitários de saúde. Quando ampliada, conta ainda com: um dentista, um auxiliar de consultório dentário e um técnico em higiene dental.

(DABhttp://dab.saude.gov.br/atencaobasica.php )

Vários programas são instituídos na Unidade, dentre eles:

HIPERDIA

PLANEJAMENTO FAMILIAR

PAISC - SAÚDE DA CRIANÇA

SISVAN

PRÉ NATAL

PROSI - SAÚDE DO IDOSO

PROSAD - SAÚDE DO ADOLESCENTE

SAÚDE DA MULHER

SAÚDE DO HOMEM

Sabe-se que o Nutricionista não é inserido na equipe da ESF, entretanto vários condutas realizadas nesse sistema necessitam de um suporte desse profissional. O nutricionista pode desenvolver na unidade ações de promoção da alimentação saudável, estímulo a atividade física, Nutrição relacionada a diversas patologias, Educação Alimentar e Nutricional em diferentes grupos, promoção e assistência a saúde, vigilancia em saúde, visita domiciliar, acompanhamento de programas, como (Suplementação do Ferro, Suplementação de Vitamina A), acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos no HIPERDIA, estímulo ao aleitamento materno exclusivo, orientação da alimentação complementar (PRÉ NATAL e GIAME), realizar diagnósticos da situação alimentar e nutricional da população, avaliar as ações de alimentação e nutrição e seus impactos na população, desenvolver ações que se integram a outras políticas sociais, incentivo a  agricultura familiar (hortas comunitárias).

 Nesse sentido, percebe-se que o Nutricionista pode contribuir muito no desenvolvimento da atenção primária, pois suas ações são coerentes com a proposta desse sistema: ações individuais e coletivas (indivíduo, comunidade, família), articular com saberes técnicos e populares, promoção, prevenção e reabilitação.

Jerusa Santana - Estudante de NutriçãoAlegre



Escrito por Jerusa Santana às 22h48
[] [envie esta mensagem] []


 
  
Alimentação correta pode amenizar os sintomas da TPM

Depressão, ansiedade, tensão, nervosismo, choro fácil e irritabilidade são alguns dos muitos sintomas da Tensão Pré Menstrual, temível para os homens e incomoda para as mulheres. Mas os inconvenientes causados pela TPM podem ser amenizados com alguns cuidados simples na hora das refeições. “A alimentação melhora diretamente os sintomas da TPM. Em alguns casos, os alimentos podem ate mesmo anular os efeitos indesejáveis. Mas o reverso da moeda também é verdadeiro, e há aquelas opções que podem piorar o quadro”, afirma a integrante do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (Bahia e Sergipe), Edilene Queiroz Araújo.


Os grandes vilões

De acordo com Edilene, os alimentos alergênicos, como os que contém glúten (pão e massas), carnes vermelhas, leguminosas, café, entre outros, agravam os sintomas. “Os alimentos alergênicos dão dor de cabeça e retém líquido. Bebidas que contém cafeína acentuam a irritação. Frituras e bebidas alcoólicas devem ser evitadas ao máximo”, enfatiza a nutricionista.


Os mocinhos

Já que os alergênicos são vilões, os não alergênicos são os verdadeiros heróis. Frutas, verduras, peixes e grãos devem enriquecer a dieta nesses períodos. “Frutas amarelo-alaranjadas (como mamão, manga, melão, melancia) devem ser ingeridas em abundância, pois contém alto teor de antioxidante e antiinflamatório. Já os grãos (linhaça) são excelentes fontes de ômega 3, bem como os peixes de águas profundas (a exemplo do  salmão e da sardinha) são indispensáveis para amenizar os sintomas”, diz Edilene.

 Jerusa SantanaBeijo



Escrito por Jerusa Santana às 14h22
[] [envie esta mensagem] []


 
  

ALEITAMENTO MATERNO                                          

 

 Leite materno é um alimento de suma importância para o crescimento e

desenvolvimento saudável dos recém nascidos indispensável na alimentação das crianças

desde o nascimento até os dois anos de idade, o mesmo,confere benefícios para o recém

nascido, como: Proteção imunológica (Presença de Linfócitos, macrófagos e monócitos ativos

por meses, proteção do aparelho digestivo através de imunogloulinas, ação probiótica),

nutricionais (Composição adequada, fácil digestão), psicológicos ( Aumento do vínculo

mãe/filho), redução das morbi-mortalidades. Além de contribuir para a saúde da criança, o

Leite materno também e importante para a saúde da mulher, protejendo- a contra infecções,

neoplasias mamárias e do ovário, involução uterina e perda de peso. (RIBEIRO, et al. 2004).

Muitos fatores contrbiuem para o desmame precoce, como: baixa

condição socioeconômica, baixa escolaridade, mercado de trabalho e principalmente a falta de

conhecimento da mãe sobre o AM. Para evitar desmames precoce, deve-se trabalhar bastante

nas duas fases: “Gestação e Puerpério”, incentivando as mães referente a prática do AM,

orientando sobre os principais benefícios para a saúde da criança e da mulher. Nesse período

é de suma importância que os profissionais de saúde (Nutricionistas, Enfermeiros e médicos),

orientem as mães sobre a prática da mamada, demonstrando posições corretas para amamentar

a criança, verificar posicionamento do queixo e a pega correta do bebê na aréola, para evitar

uma pega incorreta que influencie na sucção e consequentemente na produção e ejeção do

leite, já que segundo a literatura a sucção do bebê na aréola estimula hipófise na produção de

dois hormônios importantes “ prolactina e ocitocina”, que promove a produção e ejeção do

leite, repectivamente.     (JERUSA SANTANA)

 

OBS: SEJA UM DEFENSOR (A) DO ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO!!!!



Escrito por jerusanutricao às 20h57
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CONGRESSOS NA ÁREA DE NUTRIÇÃO

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE NUTRIÇÃO CLÍNICA FUNCIONAL E V CONGRESO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO ESPORTIVA FUNCIONAL

 SITE: http://www.vponline.com.br/congresso/

IV Congresso Brasileiro de Nutrição e Câncer (CBNC), o II International Conference of Nutritional Oncology (ICNO), o XXXIII Curso Internacional de Nutrição Parenteral e Enteral e o XII Fórum Paulista de Pesquisa em Nutrição Clínica e Experimental.

SITE:http://www.nutricaoempauta.com.br/eventos/2009/mega_evento/index.php

VII Congresso Paulista de Nutrição Humana
VIII Congresso Paulista de Nutrição

SITE:http://www.nutricaoclinica.com.br/20090804991/Eventos/Congressos-2010/congressos-imen-2010.html

I Forum sobre Marketing Nutricional

SITE:http://www.nutricaoclinica.com.br/20090804991/Eventos/Congressos-2010/congressos-imen-2010.html

 

 



Escrito por jerusanutricao às 08h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

NUTRIÇÃO FUNCIONAL

 Nutrição Funcional busca nos nutrientes o equilíbrio personalizado do organismo. A utilização deste

nutriente é baseado em um rastreamento completo do paciente, avaliando seus sinais e sintomas, além

de sua história genética. Diferente da nutrição clássica, a nutrição funcional defende a individualidade

bioquímica, porque um alimento que pode ser bom para uma pessoa, pode ser ruim e até causar uma

intolerância em outra.

Por exemplo o tratamento da obesidade, hoje já definida como uma doença inflamatória, não pode ser tratada apenas

com contagem de calorias, mas pela escolha de alimentos corretos que reduzirão tal inflamação.Os desequilíbrios

nutricionais geram sobrecarga no sistema imunológico, desencadeando processos alérgicos que acabam por provocar

doenças crônicas, como obesidade, fibromialgia, artrite, síndrome do pânico, diabetes, distúrbios

comportamentais entre outros.  

 

 

LEITE, NUTRIÇÃO OU VILÃO???

Estudos mostram que o leite é um alimento pro- inflamatório, pois ele contém a PTN lactoglobulina

que não é totalmente absorvida, concentrando nas articulações, gerando inúmeros problemas, como:

sinusite, otite, renite.

O leite pode ser substituído pelo extrato de soja e extrato de quinõa, milho alpiste etc.

A nível de absorção de cálcio, o leite pode ser substituído por linhaça, que tem grande quantidade de cálcio.

Nutricionistas Funcionais garante inúmeros benefícios comprovados, com a redução ou eliminação parcial

do leite na dieta, principalmente a nível de tratamento da obesidade.                    (Jerusa Santana)

 

Jerusa Santana - Estudante de NutriçãoSorriso



Escrito por jerusanutricao às 20h40
[] [envie esta mensagem] []


 
   O que é Nutrição?

SÍMBOLO DE NUTRIÇÃO

DEFINIÇÃO:

          É a ciência que investiga e controla a relação homem-alimento para preservar a saúde humana. O nutricionista planeja, administra e coordenam programas de alimentação e nutrição em empresas, escolas, hospitais, hotéis, restaurantes comerciais, suas e asilos, entre outros locais. Ele define os cardápios das refeições, sugerindo pratos que supram as necessidades nutricionais de clientes, pacientes ou hóspedes. Orienta e prescreve dietas individuais ou de grupo, para diabéticos, hipertensos, obesos, pacientes de doenças renais, hepáticas ou qualquer outra cujo tratamento exija acompanhamento alimentar específico.

          Para garantir a qualidade do que vai ser consumido, seleciona os fornecedores, controla matérias-primas e supervisiona a preparação dos alimentos.

MERCADO DE TRABALHO

          As políticas públicas têm aberto oportunidades de trabalho para os nutricionistas. O Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) exige que o responsável técnico seja um bacharel em Nutrição. O mesmo vale para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), mais conhecido como merenda escolar, que determina que as prefeituras contratem nutricionistas para cuidar da alimentação das escolas públicas.

          Esses profissionais também integram os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), que dão suporte direto às equipes do Programa Saúde da Família (PSF), do governo federal. O Sul e o Sudeste do país, devido à grande concentração de indústrias, ainda são as regiões que mais empregam nutricionistas. Em 2008, os restaurantes industriais e a área clínica foram os segmentos que mais absorveram esses bacharéis.

          Também há considerável oferta de emprego no segmento de alimentação coletiva, que abrange alimentação institucional (restaurante industrial), empresas de tíquete-refeição (em que o profissional é responsável, por exemplo, pelo credenciamento e descredenciamento dos estabelecimentos que aceitam o tíquete como forma de pagamento) e de cestas de alimentos (em que uma das funções do nutricionista é fazer o cálculo nutricional dos itens que compõem as cestas).

          Outra possibilidade são as redes varejistas, como supermercados, restaurantes, padarias, bufês e hotéis, que contam assiduamente com os graduados em Nutrição. Indústrias alimentícias, como a Nestlé, a Unilever e a Sadia, costumam abrir vagas para o profissional de desenvolvimento de produto.

         Além disso, como aumento do número de obesos, o crescimento de casos de doenças do metabolismo, como o diabetes, e a crescente preocupação das pessoas em ter uma alimentação saudável, a tendência é que haja maior procura pelo nutricionista para trabalhar com prevenção. As melhores oportunidades estão em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte, mas é possível encontrar vaga sem regiões industriais, como Campinas, no interior de São Paulo, e Camaçari, na Bahia. No interior do país há carência de profissionais e, por isso, a remuneração tende a ser atrativa.

O QUE O PROFISSIONAL DE NUTRIÇÃO PODE FAZER:

Administração - Supervisionar e gerenciar a produção de alimentos em indústrias alimentícias, cozinhas industriais, hospitais, restaurantes de empresas e comerciais, escolas e spas.

Catering -  Elaborar cardápios para empresas diversas, como companhias aéreas e produtoras de cinema e TV ou de espetáculos teatrais.

Controle nutricional - Criar cardápios balanceados para restaurantes industriais.

 Desenvolvimento de produto - Pesquisar e desenvolver produtos para a indústria alimentícia, fazendo testes culinários e degustações dos pratos.

Docência e pesquisa - Atuar em atividades de ensino, extensão .

Gastronomia - Controlar a qualidade da cozinha e as condições de higiene de restaurantes.

Marketing - Encomendar e coordenar pesquisas de produtos, testes de receitas e serviços de atendimento ao consumidor, tanto em indústrias alimentícias quanto em cozinhas experimentais.

Nutrição clínica - Prescrever dietas a pacientes de hospitais e adaptar a alimentação aos tratamentos. Formular dietas de emagrecimento e de reeducação alimentar. Prestar consultoria a empresas do setor de alimentos.

Nutrição esportiva - Elaborar e coordenar o acompanhamento alimentar de atletas, criando dietas adequadas.

Saúde pública - Planejar e supervisionar programas de merenda e alimentação em creches, escolas e centros.

Referência: Guia do estudante

 

Jerusa Santana - Estudante de NutriçãoSorriso

 

 

 



Escrito por jerusanutricao às 20h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Mulher, de 20 a 25 anos
Outro -


HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!